sexta-feira, 25 de maio de 2012

Pinturas #8: "Três porcos"


*clique na imagem para vê-la maior

"Três Porcos", 2004.
Fotografia: Marília Noleto
Edição de imagem: Murilo Noleto


Esta é uma pintura que eu não acho bonita.

Porém a intenção não foi simplesmente realizar algo para ficar bonito e servir como composição para algum ambiente, mas questionar. Creio que as intenções conceituais conseguem suprir tal carência.

A composição em si pormenoriza uma cena cotidiana de três porcos se alimentando, tendo como pano de fundo uma textura que simula a superfície do cérebro humano.



Com isso, o pano de fundo e os personagens criam uma dialética entre humano e animal, racional e irracional. Até que ponto nós, humanos ditos racionais, usamos a cabeça? E os animais, são simples seres irracionais, desprovidos da sabedoria que a natureza lhes condicionam? Será que realmente os seres humanos estão no centro dessa balança, ou fazemos parte de seu desiquilíbrio? Somos totalmente conscientes de nossos atos?



Livro  “A revolução dos bichos” de George Orwell.
Uma interessante referência que ilustra as fraquezas humanas sob a pele dos animais.

A inspiração para esta composição surgiu do filme “Hannibal”, dirigido por Ridley Scott e estrelado por Anthony Hopkins.

Trailler do filme "Hannibal" (2001)

O quadro "Três Porcos" apresenta alguns elementos que aparecem no filme (porcos, comida, cérebro), ganhando assim um ar grotesco, que relembra o trabalho do artista irlandês Francis Bacon e seus papas.

Francis Bacon - "Figura com carne" (1954)



Quem tiver interesse em adquirir meu trabalho, favor entre em contato pelos comentários.

Nome - "Três porcos"
Técnica - tinta óleo sobre tela;
Dimensões - 60 x 60cm;
Ano de execução - 2004;
Obs.: Não está emoldurado;